Tapetes vestem 10 ambientes como reforços de estilo

Tapetes-Tatiane e Patricia-eleone-prestes-11
Hall de Entrada, da Arqconcept, de Tatiane Fernandes e Patricia Barros (fotos Eduardo Liotti, Divulgação)

Estéticos e funcionais, os tapetes podem ser o começo de um projeto de interiores ou a cereja do bolo da proposta e podem simplesmente delimitar áreas, recurso importante nos ambientes integrados. O fato é que, mesmo quando são de tons neutros, vestem o espaço de um modo sutil ou nem tanto e, sem eles, a sensação é de que o ambiente está nu. Nos ambientes de nossas casas temos essa experiência ao retirar um tapete para manutenção. Fica a sensação de que falta um elemento importante. No caso dos 14 ambientes de 25 profissionais em que a Expresso do Oriente participa com 24 tapetes da Mostra EliteDesign (aberta até 3 de dezembro à beira do Guaíba, em Porto Alegre), com uma peça diferente da outra, fica nítida esta força. Observe o predomínio dos tons acinzentados e depois os beges nas escolhas dos arquitetos, com algumas exceções, mas sempre em tonalidades discretas.

Recentemente, as novas coleções de tapetes da Expresso do Oriente foram lançadas na loja do DC Shopping junto com um presente aos arquitetos presentes: um inédito álbum de músicas autorais que artistas gaúchos criaram homenageando as regiões de origem de cada uma das oito coleções de tapetes: Tabriz (Irã), Jaipur (Índia), Mirzapur (Índia), Lahore (Paquistão), Istambul (Turquia), Dehli (Índia), Varanas (Índia), Bhadohi (Índia). Esse presente é democrático, pode ser acessado pelo Spotify. Na ocasião da comemoração, dentro do projeto Eu Expresso, músicas foram interpretadas ao vivo pela cantora Gabrielle Fleck, da família Expresso. Foi lindo.

Aqui compartilho 10 dos ambientes atapetados pela Expresso na Mostra EliteDesign para passearmos pela materialização dessas culturas que tanto nos atraem. Na foto acima, no ambiente de entrada do cubo de vidro que acolhe a bilheteria do evento, tem o tapete Loft em dois formatos. Abaixo, no ambiente que homenageia Tite, tem tapete vintage e Indo Nepal. Veja a área de estar:

Estar com Dormitório, homenagem ao técnico Tite, de Monica Pretto e Debora SmaniottoEstar com Dormitório, homenagem ao técnico Tite, projeto de Monica Pretto e Debora Smaniotto.

Observe abaixo como o teto tem uma proposta de estampa que percorre todo o ambiente e, sobre o piso, o tapete Armin delimita o estar. Sem ele, o ambiente seria muito diferente.

Estar ìntimo da Família, da HB Interiores, de Heloisa Bocorny, Camila Sanguiné e Juliana Carvalho
Estar íntimo da família, da HB Interiores, de Heloisa Bocorny, Camila Sanguiné e Juliana Carvalho

Composição de tapetes: Reflex, Luna e de couro no loft abaixo. Misturar tapetes é uma tendência que foi usada em mais de uma proposta de ambientes na Mostra EliteDesign, ora sobrepostos, ora próximos apenas.

Este é o loft Refúgio Greenery, projeto de Samantha Ughini
Este é o loft Refúgio Greenery, projeto de Samantha Ughini

Contraste de cores tem a ajuda determinante do tapete para destacar outros elementos do projeto. Trata-se de Kilim Zili Hemp e Reloaded.

Living com Spa, de Marcelo John e Gabriel Mazzardo
Living com Spa, de Marcelo John e Gabriel Mazzardo

Tapete Bari, de couros, e dois Reloaded compõem o espaço voltado ao sonho da noiva, com direito a vestido e tudo:

Estar da Noiva, de Hinnah & Dulinski, de Rosane Dulinski e Karina Dulinski
Estar da Noiva, de Hinnah & Dulinski, de Rosane Dulinski e Karina Dulinski

Tapete Indo Jaipur Fine foi a escolha de Minuscoli para contracenar com a paisagem.

Loft Le Bleu, de marcelo Minuscoli
Loft Le Bleu, de Marcelo Minuscoli

E que tal um uso incomum? Na exposição de ambientes tem. Observe a partir da cabeceira da cama. A arquiteta ousou com dois Kilim Kruze para compor o leito do remador. Gostou?

Studio do Remador, de Marie Hellen Bottcher
Studio do Remador, de Marie Hellen Bottcher (foto Studio Prestes)

Olha o resultado na composição do ambiente.

Geral da área do dormitório do Studio
Geral da área do dormitório do Studio

Outro ambiente em que o tapete foge do piso. É um Patchwork turco que cobre a parede.

Cozinha e Jantar, a verdadeira Alquimia, de Cesar Etienne de Araújo e Jaqueline Zarpellon de Araújo
Cozinha e Jantar, a verdadeira Alquimia, de Cesar Etienne de Araújo e Jaqueline Zarpellon de Araújo (foto Studio Prestes)

xxxxxx

Tapetes-Jaque e Cesar-eleone-prestes-_032
Geral da cozinha (foto Eduardo Liotti, Divulgação)

Olha o diálogo interessante entre o piso e o tapete, um Kilim Kruze.

Be Higge - Estar Dinamarquês, do arquiteto Enio Brites e do designer de interiores Daniel Schon
Be Higge – Estar Dinamarquês, do arquiteto Enio Brites e do designer Daniel Schon
Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Gestão Urbana é tema de guia com lançamento no Instituto Ling

Nesta segunda-feira, dia 24 de julho, a partir das 19h, o arquiteto...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *