Mudanças em cores e revestimentos aquecem área social de casa em Canoas

O projeto original tinha apenas quatro anos, mas os moradores procuraram o escritório Angela Snel, Arquitetura, Interiores e Iluminação porque queriam fazer algumas mudanças na área social de sua casa, localizada em Canoas. Entre elas, alterar a distribuição do mobiliário e adotar uma nova paleta de cores, deixando a residência mais funcional, mas, principalmente, mais aconchegante. O casal de empresários com um filho pré-adolescente estava em busca de ambiente sociais confortáveis e convidativos, onde pudesse receber os amigos e familiares de forma descontraída e acolhedora, sem, no entanto, extrapolar nos custos com a reforma. Além de Angela, o projeto contou com a participação do arquiteto Tiago Mineiro e, pelo que se vê, deve ter atendido plenamente as expectativas do cliente.

A remodelação abrangeu uma área de 95 metros quadrados, contemplando cozinha, jantar, estar, ambiente de TV e bar, todos integrados. Este foi o primeiro trabalho do escritório para a família, substituindo a ambientação anterior, “que considerava excessivamente fria, tanto nas cores quanto nos revestimentos”, segundo conta Angela. A obra foi realizada num período de 90 dias, durante os quais a família seguiu vivendo no local, apenas transferindo suas refeições para o salão de festas, junto à piscina da residência.

Enquanto o piso do projeto original, em mármore travertino romano, foi mantido, as paredes ganharam um novo tom, pintadas com tinta acrílica fosca: casca de árvore, cor bem próxima do fendi. O mármore está presente também no revestimento da lareira, cortado em tiras de dois tamanhos, que formaram um ripado, tirando a monotonia do caminho. No estar, o piso foi aquecido com um tapete que seguiu a nova família de cores, também adotada no revestimento do sofá, em camurça texturada marfim. As muitas almofadas, de vários tecidos e tonalidades, formalizam o convite para sentar-se e ficar à vontade. As mesinhas laterais eram do projeto anterior e ganharam novas posições, assumindo sua funcionalidade, enquanto a de centro, de vidro e madeira, é nova. Foi desenhada pelo escritório e executada em marcenaria, da mesma forma que o móvel postado às costas do sofá, ambos de melamina da linha Brasil Ipê-Amarelo.

A melamina, nesse mesmo padrão, também finaliza o móvel do ambiente da TV, onde o estofado foi revestido com camurça lisa, na cor fendi (quente e agradavelmente acolhedora, ela reina no projeto!), e finalizado com almofadas em chenile, linho e camurça. O tapete, de nylon, ajuda a setorizar o espaço e aquece, sem interferir na integração de toda a área social. Na parede sobre o sofá, a escultura em metal, do acervo dos moradores, é leve, mas bem marcante.

Em todas as aberturas, as persianas de madeira com lâminas de 5cm na cor castanho são automatizadas e entram no clima cálido da proposta.

Peças pontuais criadas pelo escritório finalizam o projeto

No bar, o móvel para copos e bebidas foi desenhado pelo escritório. É formado por caixas de diferentes materiais e tamanhos, todas com fundo de espelho, criando interessantes efeitos de profundidade e luz. A bancada e a estrutura do bar também integram o novo projeto, executadas em madeira e vidro. Os bancos são da mesma linha das cadeiras do jantar, de madeira, com assentos de camurça sintética e encosto de palha natural.

A cozinha aberta, totalmente integrada à área social, teve o revestimento de portas e gavetas renovado com melamina Brasil Ipê-Amarelo. Na parede, entre a bancada de Silestone e o armário aéreo, o revestimento original (pastilhas cerâmicas vermelhas) foi recoberto por espelho, “extremamente higiênico e de fácil manutenção”, segundo Angela.

Em todos os ambientes foram utilizadas lâmpadas dimerizáveis, e as luminárias pendentes, que chamam a atenção no estar da lareira, evidenciadas ainda mais pelo pé direito duplo, foram executadas por um fornecedor de Belo Horizonte nos diâmetros especificados em projeto. São de madeira e acrílico fosco e causam grande efeito, podendo ser visualizadas de qualquer ponto da área social. “A iluminação é um item fundamental em nossos projetos, pois com a luz podemos criar cenários para variadas situações funcionais ou sensoriais nos ambientes, valorizando textura, cores, conforto visual e, ainda, economia de energia”, define a titular do escritório.

Angela Snel – Arquitetura – Interiores – Iluminação

Localizado em Novo Hamburgo, RS, o escritório atua há 34 anos em projetos residenciais e comerciais. Responde pelo projeto de todas as lojas de calçados e bolsas Luz da Lua franqueadas em vários pontos do Brasil. Angela Snel é pós-graduada em Design de Interiores e Iluminação, e Tiago Mineiro, em Arquitetura.

Rua Domingos de Almeida, 733/3

Centro, Novo Hamburgo, RS

(51) 3594 -5993 – (51) 99974-1139

www.angelasnel.com.br

(Texto Marjori Michelin)

Mais de Equipe eleoneprestes.com

Um loft para chamar de seu

Das aberturas do imóvel, no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre,...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *