Natura di Acqua e Sale é a exposição do fotógrafo Thomas Baccaro em São Paulo

Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo com obraas de Thomas Baccaro
Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo

Dia 31 de julho abre na Galeria Ricardo Von Brusky, um novo espaço no Jardim América de exposições e instalações, cursos e palestras de arte, gastronomia e lifestyle, a mostra Natura di Acqua e Sale de Thomas Baccaro. Trata da natureza dos cristais de sal, formas, cores, perfumes nos sentidos e da solidão do infinito. Estarão expostas 70 imagens em tamanho 67x100cm, ampliadas em papel 100% algodão Fine Art e impressas com pigmento mineral. O curioso texto da exposição será do diretor, autor e ator  Marcos Caruso. (leia mais abaixo)

Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo com obraas de Thomas Baccaro

Foto de Thomas Baccaro. Esta foto faz parte de segunda metade da mostra

Natura di Acqua e Sale será a vigésima primeira individual do artista Thomas Baccaro. A Galeria Ricardo Von Brusky está localizada no Jardim América, em São Paulo. Há imagens captadas na reserva biológica de sal rosa em Isola Lunga, na Sicília e outras durante viagens pelo Brasil, Itália, Grécia e Galápagos.

Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo com obraas de Thomas Baccaro
Paleta de cores chama a atenção

A exposição será composta por duas partes que falam e conversam entre si. Nas imagens, detalhes da natureza, paisagens, cristais de sal bruto, inspiração e apropriação, o revelar do enigma através do olhar:

*Acqua e Sale, na entrada da galeria, traz imagens captadas na maravilhosa reserva biológica de sal rosa em Isola Lunga, na Sicília. “Pude contemplar os cristais de sal rosa orgânico e, enquanto observava suas incríveis formas, tive a consciência do meu eu, sozinho naquele vasto campo cor de rosa”, fala Baccaro sobre estas primeiras  imagens que serão vistas pelos visitantes.

Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo com obraas de Thomas Baccaro
Natura em duas versões

Natura é o nome da segunda parte da exposição. “Durante viagens pelo Brasil, Itália, Grécia e Galápagos, entre as diversas e maravilhosas paisagens compostas por rochosas montanhas vulcânicas até o brilhante mar mediterrâneo pude criar e transformar meu olhar em imagens. Através destas imagens, proponho uma submersão na luz efêmera da vida, onde entramos em contato com nossa essência mais natural, inspiração e apropriação, o revelar do enigma através do olhar”, fala o fotógrafo  Thomas Baccaro sobre a inspiração para este novo trabalho.

Fotos da exposição que abre dia 31 de julho em São Paulo com obraas de Thomas Baccaro
Thomas Baccaro e suas texturas

Em cada uma das imagens, o artista surpreende com sua capacidade de modificar, aplicando ao objeto texturas e formas. Ao criar, concede ao ser criado parte de sua alma.  E apesar da áspera frieza da vida, dá a sua obra forma e  sentimentos, tal qual o sal, para mais uma passagem em direção a quem o contempla.

Thomas Baccaro:

Peço que mergulhem nos sentimentos despertados pelas imagens capturadas em momentos de paz, proporcionados a mim pela natureza e por hora imortalizados através destas fotografias.

Aqui eu procuro ilustrar as questões dentro da minha visão, o sentido da vida, a realidade da dor, da aceitação, isto tudo talvez possa ser traduzido neste período em que o ser errante contempla, estuda e constrói a busca do crescimento e da evolução, com o olhar puro nas formas perfeitas e simétricas da natureza.

Em minha obra estou ciente da importância da memória, no encontro do passado com o presente, no poder do homem de tirar do bruto, da dor e da luta a verdadeira beleza, e assim transformar.

A união do meu passado ao presente e ao futuro se faz neste instante. 

Marcos Caruso:

Eu adoro não saber das coisas e não entendo nada de fotografia, mas sei o que estou sentindo e sei que o conjunto da sua obra me tocou… que estas imagens tem narrativas envoltas de natureza e isso é muito pacificador.

Quando recebi esta sua nova série, percebi que tudo que está ali é muito ancestral, me fez voltar ao inicio, ao útero, o útero da terra, que coisa linda, me vi sentindo e entrando na agua, no sal, na natureza, isso tudo é muito atávico em todos nós. Temos uma relação muito profunda e maternal com a natureza, ela é a mãe de tudo, conectando-me ao nosso desejo pelo natural, vejo em você a curiosidade pelo ancestral, pelo primitivo, de onde tudo começou… O que confere um diálogo essencial  entre a obra do artista e o público.

“Quando o homem está em paz com a natureza é quando a natureza toca o coração do homem!”

Observo aqui este encontro e a existência de um reconhecimento.

SERVIÇO

O que – NATURA di ACQUA e SALE – Exposição fotográfica de Thomas Baccaro: 70 imagens 67x100cm; Papel algodão 100% algodão e pigmento mineral

Quando: abertura 31 de julho de 2018, exposição de 31 de julho a 31 de agosto

Onde: Ricardo Von Brusky

Rua Estados Unidos 336 Jardim América – São Paulo | SP  +55 11 2373 0768

www.vonbrusky.com.br

Sobre o artista  Thomas Baccaro:

– “O artista torna-se um grande artista não só é pelo seu talento, mas também pelo seu processo de vida.”

Thomas Baccaro, 1975, traz na família suas referências artísticas; seus pais, os italianos, Giuseppe Baccaro, galerista, negociante de arte e leiloeiro, nos anos 70 e 80, e sua mãe, Fiorella Giovagnoli, artista e proprietária do lendário restaurante italiano Da Fiorella, seus padrastos Hector Babencodiretor de cinema e Mario Cravo Neto fotógrafo.
Nasceu e cresceu entre galerias, museus, quadros, fotografias, gravuras, livros e artistas. Hoje acumula mais de 20 exibições individuais ( 49 exposições total ) em seu histórico artístico, através de experiências pessoais e profissionais, onde vem desenvolvendo interesse e respeito pelalinguagem artística.
Baccaro já trabalhou em vários estúdios de fotografia dentro de agências de publicidade, como DPZ e AlmapBBDO, trabalhou como assistente pessoal de importantes fotógrafos, como Mario Cravo NetoClaudio Edinger, Thomas Susemihl, Manolo Moran, David Zalben, Marcelo Lerner, SilvioPinhatti, entre outros.

Importantes exposições a exemplo de “Deep” e “NYSV” em São Paulo, “Migration Art” United Nations e “Between Light and Shadow” em New York, apoio ao IMIP Santander Cultural em Recife de 2009 a 2015, Literatura de Cordel em Marselha, França 2005, Photo of Humanities em Montreal, Canadá 1999.

        Thomas imprime seu refinamento sobre aquilo que pode remeter a espiritualidade, movimento, alcance e tempo, sempre trazendo a intensidade de elementos vivos elegantemente balanceados com sua mente silenciosa, e no processo de vida, seu instinto nato por qualidade é lapidado continuamente, visível desde a constante honra por suas raízes familiares, seu forte contexto e convívio cultural até o cuidado e dedicação por cada obra durante todo o processo de finalização e acabamento, com um talento que está sempre em evolução, persiste pela beleza peculiar e destila sua essência em resultados: aquilo para o qual ele sempre trabalhou e o torna cada vez mais maduro.

        Nos últimos anos vem investindo no mercado internacional, executando trabalhos e exposições no Brasil, Estados Unidos e Europa.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

“Viver, Conviver & Reviver”

Itaú Viver Mais – São PauloRio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília, 2017

“O Diafano da Alexitimia”

Galeria Bolsa de Arte – São Paulo – Brasil, 2016

“Detalhes”
Espaço DECA – Casa Cor São Paulo – Brasil, 2015

“Degustando Arte”
Galeria Tofiq House / São Paulo – Brasil, 2015

“DEEP”
Galeria Vila Nova / São Paulo – Brasil, 2014

“Trans Formed Society”
D4 Galeria / São Paulo – Brasil, 2014
“New York Street View”

Galeria Noir, Le lis / São Paulo – Brasil 2012/13

“COINCIDENCES”
Galeria Blue Tree Premium Faria Lima / São Paulo – Brasil, 2012

“SIGNS”
GENEVA Lab / São Paulo – Brasil, 2012

“Silêncio”

Espaço A Estufa / São Paulo – Brasil 2012

“The New York City”

Galeria Chez George / Recife – Brasil, 2009

“O Universo da Literatura de Cordel” / Marseille – França, 2005

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher / Recife – Brasil, 2005

Festival Palmas para Cultura / Belo Jardim – Pernambuco – Brasil, 2001

“Fragmentos I”

FUNDAJ – Fundação Joaquim Nabuco

Instituto de Cultura Galeria Vicente do Rego Monteiro / Recife – Brasil, 2001

“Meus Registros I”

MAC-PE – Museu de Arte Contemporanea de Pernambuco / Recife – Brasil, 2000

“Retratos do Sertão”

Cachaçaria Apurado / Recife – Brasil, 2000

“Fragmentos”

Espaço Ophicina / São Paulo – Brasil, 2000

Restaurante Capim Santo / São Paulo – Brasil, 1999

Galeria Zooming / São Paulo – Brasil, 1999

“Meus Registros I”

Espaço A Estufa / São Paulo – Brasil, 1998

Sobre a galeria Ricardo Von Brusky:

O novo espaço de arte Ricardo Von Brusky foi concebido e estruturado para promover as mais variadas expressões artísticas. Além dos tradicionais leilões de arte antiga, moderna e contemporânea, a nova sede, instalada nos Jardins, foi ampliada com o objetivo de proporcionar uma experiência singular a seus visitantes, contribuindo para uma maior difusão da cultura nacional e internacional. Em um único espaço, o público poderá conferir exposições e instalações, além de projetos, cursos e palestras de arte, gastronomia e lifestyle.

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

A arte de transpor conforto, móveis e obras de arte de uma casa para um apartamento

Adaptar a vida em uma casa para um apartamento com quase um...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *