Interiores: o poder do décor para o convívio

Living de casa no condomínio Terra Ville projetado pelo Estúdio R de Rafael G. Fernandes
Interior e exterior conectados pelo living (Fotos Artur Pretto Junqueira, divulgação)

Living agora faz jus ao nome do ambiente e resume o universo de convívio das famílias desde o início da pandemia. Esta área social, ambiente principal de uma casa de 300 metros quadrados, localizada no condomínio Terra Ville, na zona sul de Porto Alegre, teve o seu layout e estilo definidos pelo Estúdio R Arquitetura, de Lajeado.

Ambientes para bater-papo, fazer refeições e jogar sinuca
Ambientes para bater-papo, ver TV, fazer refeições e jogar sinuca, com a mesa disposta perto da saída para os recantos externos da casa em condomínio fechado de Porto Alegre

– Buscamos valorizar o pé-direito duplo que, além dos painéis ripados, ganhou destaque com as luminárias pendentes sobre a mesa de jantar e sinuca. Na bancada do bar da churrasqueira, usamos luminárias tubulares em alturas variadas para equilibrar e diferenciar – diz o “R” que deu nome ao escritório, Rafael Gallarreta Fernandes, arquiteto urbanista com especialização em iluminação e design de interiores.

Composição de tons e texturas
Composição de tons e texturas no living do Estúdio R Arquitetura com recantos para curtir vários momentos em casa

Entre as vantagens funcionais do pé-direito alto e das grandes janelas da casa é a existência de ventilação cruzada, o que gera troca de temperatura que resulta em maior conforto térmico natural para o living.

Pé-direito duplo tem vantagens estéticas e funcionaiss
Pé-direito duplo tem vantagens estéticas e funcionaiss

Para contemplar com prazer, o profissional explica ainda que “não quis, ao completar com móveis soltos, encher a casa, para manter a permeabilidade visual dos grandes planos de vidro”, além de preservar a circulação entre os recantos.

Entre as propostas de convívio, o estar com TV
Entre as propostas de convívio em área integrada, a mesa de sinuca, o bar e o estar com TV e lareira
Visão total do hall à piscina
Visão total do hall à piscina proporcionada pelas amplas aberturas e pelo pé-direito duplo
Piscina integrada visualmente com o living
Piscina integrada visualmente com o living e com ambientes de estar no entorno

– Quando se entra na casa, o visual vai até a piscina, passando pela varanda de maneira muito limpa – ressalta.

Como quando a residência ficou pronta, em novembro/dezembro de 2018, já existia o bar na sala, o sofá e os painéis ripados, o projeto do Estúdio R partiu dessas estruturas preexistentes e das suas paletas de cores para determinar a composição dos móveis, acessórios e até elementos de paisagismo interno.

– Mantive a cor base nos tons cinzas e neutros com pitadas de cor: o rosé nas poltronas e no quadro em grande formando do recanto e trouxe também o verde-musgo para as poltronas e o tapete de jantar, uma maneira de trazer o externo para dentro da casa – conta Rafael.

Palheta cromática
Palheta cromática
Tons neutros não significam monotonia
Tons do exterior invadem o projeto de interiores
Tons do exterior invadem o projeto de interiores

Tudo sobre piso de porcelanato em tom cinza, mesma cor de algumas paredes combinadas a outras com aplicação de papel de parede com estampa geométrica, como é o caso do hall. Quadros e esculturas dialogam com as demais escolhas, ao mesmo tempo em que se encarregam de personalizar o espaço e agregar informação.

A base destaca o mobiliário
A base destaca o mobiliário
Papel de parede geométrico
Papel de parede geométrico

– A gente sempre busca a “cara” do cliente, buscamos definir o perfil e gostos pessoais, fazemos para ele, queremos que ele se sinta bem, acolhido e, como sempre, damos nossa pitada de gosto pessoal: misturamos texturas e materiais, por exemplo, ao mesmo tempo em que temos uma mesa de jantar em pedra, há um tapete de pele tingida. Vamos buscando essa conversa entre elementos e texturas – relata Rafael.

Tapete de pelo tingido
Tapete de pelo tingido

Com atuação em projetos residenciais e comercias e de interiores para todo o país, o escritório, Estúdio R Arquitetura, com 13 anos recém completados – foi criado por Rafael em março de 2008 – partiu da sede em Lajeado (RS) e hoje tem projeto a ser executado no Piauí. Observe neste projeto como a proposta liga o interior da casa ao entorno da piscina, no exterior.

Casa no Terra Ville em Porto Alegre

Balanço no living do projeto do Estúdio R
Detalhe de mobiliário: balanço no living do projeto de interiores do Estúdio R para um momento de descontração dentro de casa
Rafael Galarreta Fernandes
Arquiteto Rafael Galarreta Fernandes: A gente sempre busca a “cara” do cliente

Fotos: Artur Pretto Junqueira, divulgação

 

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Saccaro nova em Porto Alegre

Alain Blatché, Bruno Faucz, Emerson Borges, Roque Frizzo, Fabrício Roncca, Decoma Design,...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *