CASACOR RS chega a 30 edições com um Infinito Particular

Fachada da CasaCor RS 2022
É impactante a fachada porque nos convida a entrar na história (foto LCK Divulgação)

Nesta sexta-feira, dia 5 de agosto de 2022, a CASACOR RS promove preview à imprensa da 30a edição comemorativa e revela o prédio centenário da sede histórica da Instituição Pia Chaves Barcellos, erguido em 1923, e que, apesar de muito bem localizado (Rua Dona Leonor, 360), era pouco conhecido pela cidade de Porto Alegre. O prédio, em ponto elevado no bairro Rio Branco, faz parte da história de quem casou na capela neogótica com planta assinada pelo construtor e engenheiro Alfredo Haasler, localizada no coração da área que abrigará a mostra. Com o tema Infinito Particular, a CASACOR abre ao público dia 6 de agosto e se estende até 2 de outubro na capital do Rio Grande do Sul com 40 ambientes criados por 70 profissionais de Porto Alegre e do Interior. Após a CASACOR RS, o prédio será transformado na nova sede da Escola Pampeano, seguindo a sua tradição educacional e o desejo dos seus idealizadores. Uma novidade: as operações de gastronomia, localizadas na entrada da CASACOR RS, têm entrada franca, com serviço de terça a domingo, das 15h às 23h.

Capela da CASACOR RS
Capela da CASACOR RS 2022 (foto Studio Prestes)

Em uma área total de 3.500m2, a CASACOR RS 2022 apresenta o resultado do trabalho de preservação e o seu compromisso com o patrimônio arquitetônico da cidade, reunindo as principais tendências do segmento em projetos que expressam temas diversos através de espaços como suítes, estúdios, salas, quartos e apartamentos completos. A mostra também conta com áreas externas, com jardins, piscina, ambientes funcionais como banheiros e bilheteria, três lojas com operações comerciais e três operações gastronômicas (cafeteria, restaurante e wine bar).

“Neste ano especial, a CASACOR RS acontece em um imóvel único, com grande valor arquitetônico e cultural. Realizar o evento dentro de uma construção centenária, em processo de tombamento pelo patrimônio municipal, nos permitiu inúmeras novas possibilidades. Contar para o público a história de uma das edificações mais icônicas de Porto Alegre, é uma delas, assim como promover no calendário cultural uma opção completa de
entretenimento que também movimenta o mercado com diversas oportunidades de negócios”, ressalta a diretora da CASACOR no Rio Grande do Sul, Karina Capaverde.

Manter a essência do prédio para revelar ainda mais a sua beleza foi o ponto de partida do projeto geral de arquitetura da edição, que contou com a consultoria da arquiteta Aclaene de Mello. “Além de conhecer as novidades
apresentadas pelos profissionais do elenco, os visitantes irão se surpreender com cada detalhe da edificação”, comenta Aclaene. Sob o comando da arquiteta Vera Capaverde, a coordenação de restauro foi liderada pelo Hub de Arquitetura, dos escritórios Studio1, dos arquitetos Lucas Volpatto e Jaqueline Manica, de Porto Alegre, e Patrícia Pasini Arquitetura, de Garibaldi. Pisos, forros e esquadrias foram mantidos e restaurados, e todas as interferências foram minuciosamente estudadas pela equipe especializada.

ARQUITETURA E HISTÓRIA

Além de impactar pela sua autenticidade e grande estrutura, a Instituição Pia Pedro Chaves Barcellos é uma sede que desperta a curiosidade do público. Localizado em um terreno nos altos do bairro Rio Branco, o prédio tinha como
objetivo acolher e educar meninas órfãs e carentes, e manteve-se em funcionamento através da Associação de Irmãs Franciscanas até 2005. Idealizada por Ilza Chaves Barcellos e seus cunhados, a propriedade é um verdadeiro monumento em homenagem ao seu esposo Pedro Chaves Barcellos, que idealizou o projeto, mas faleceu antes da sua construção. O casal, conhecido na sociedade porto-alegrense por sua benevolência, não teve filhos, e se dedicou incansavelmente à assistência de crianças carentes, apoiando e sustentando ações de congregações voltadas para a educação.

Após a CASACOR RS, o prédio será transformado na nova sede da Escola Pampeano, seguindo a sua tradição educacional e o desejo dos seus idealizadores. Para sintetizar essa história, diversos profissionais destacaram características originais do imóvel, mesclando os elementos do passado com os recursos e o design dos dias atuais. A Sala 100, do arquiteto Renato Moraes de Mello é um exemplo. O ambiente manteve no projeto uma parede de estuque pertencente à casa no século passado. O projeto do Lineastudio Arquiteturas, Casa Pluma, é outro exemplo. O formato original do ambiente foi mantido, privilegiando a iluminação natural do edifício e os materiais nobres dos
revestimentos do piso e do forro.

As características marcantes da sede também são revisitadas em alguns projetos através dos seus conceitos. É o caso do Espaço OGAM, do STUDIO 114, que faz uma homenagem às meninas que foram acolhidas no local por meio do design sinestésico. O ambiente é um rooftop segmentado por biombos de formas orgânicas produzidos manualmente para a exposição por um grupo de mulheres. Outro destaque nesse sentido, é o Refúgio Dona Ilza, assinado pelo Studio1 e Patrícia Pasini Arquitetura. O dormitório foi projetado como uma homenagem à Ilza Chaves Barcellos, idealizadora do edifício. O ambiente traz uma releitura da personalidade da homenageada, apresentando um espaço de intimidade adaptado ao século XXI.

CAPELA NEOGÓTICA

No coração do Pia Chaves Barcellos, uma capela neogótica enche os olhos. Segundo o arquiteto e coordenador de patrimônio histórico e restauro do prédio, Lucas Volpatto, ela é uma das mais belas construções desse estilo no
Rio Grande do Sul. “O templo tem a planta assinada pelo construtor e engenheiro Alfredo Haasler, e se destaca pelos arcos ogivais, os vitrais coloridos e o retábulo em madeira”. Antigamente, o espaço era utilizado para as cerimônias da própria família Chaves Barcellos. Durante a mostra, os visitantes poderão visualizar o seu interior enquanto visitam os espaços em exposição.

GASTRONOMIA

A gastronomia também promete ser um dos pontos marcantes da edição que, neste ano, contará com uma cafeteria e um restaurante com um wine bar. O acesso aos espaços é uma das novidades. Localizados na entrada da
CASACOR RS, tem entrada franca, com serviço de terça a domingo, das 15h às 23h. Uma das operações é o Lechuza, restaurante que tem como principal influência a cozinha latina e o ambiente assinado pela arquiteta Aclaene de Mello. Formados pela Le Cordon Bleu do Peru, os chefs Gustavo Marques e o chileno Gonzalo Ortuño, são os nomes por trás do menu. A afinidade da dupla surgiu enquanto estudavam na Le Cordon Bleu, entre 2017 e 2019, e ambos tinham o mesmo propósito de pesquisar e divulgar os sabores e a identidade da cozinha latina.
Com passagens pelas cozinhas dos renomados Sal Gastronomia (SP), Moshi (Cartagena, Colômbia) e Mérito (Lima, Peru), Gustavo também adquiriu experiência em eventos durante a temporada em que trabalhou em uma das
mais conceituadas vinícolas do Peru (Bodega Murga). Já Gonzalo, após se formar, se dedicou a dar aulas de Gastronomia na Universidade Tecnológica do Chile (Inacap). No projeto em conjunto criado para a mostra, terão a
oportunidade de apresentar as suas referências. O cardápio foi pensado para atender o público em diferentes horários do dia, happy hour e jantar de terça a sexta e almoço, happy hour e jantar nos finais de semana. Com opções de entradas para compartilhar, petiscos, pratos principais e sobremesas. O Lechuza também servirá jantares harmonizados durante o período da exposição, com temáticas associadas à cozinha latina.
A CASACOR RS também conta com um wine bar, dentro do restaurante e operado pela Terroir Vinhos, e uma cafeteria, a #Esverdeie, assinada pela Ginkgo Paisagismo e Butiá Arquitetura, com operação da marca Ginko.

LOJAS

As novidades estão presentes do início ao fim durante a experiência de visitação da CASACOR RS. Localizada no trecho final do circuito, a Galeria de Arte assinada por Paula Schwartz apresenta uma curadoria exclusiva, com
esculturas, pinturas e uma exposição de fotografias da Luka.art, disponíveis para compra. Na sequência, as fragrâncias para casa da Mels Brushes Fragrances serão encontradas na loja do espaço lounge Estância dos Aromas,
da Jubs Studio Design + Interiores. E no Ateliê do Design de Óculos, espaço da KV Arquitetura e FM Arquitetura, a marca Gustavo Eyewear encanta com sua seleção de armações de óculos de grau e de sol.

APLICATIVO CASACOR E TOUR VIRTUAL

Neste ano, a mostra amplia a experiência de visitação com o lançamento do aplicativo da CASACOR, disponível para Apple e Android. Com o recurso, o evento investe ainda mais na jornada de visitação, permitindo uma imersão
total dos visitantes no universo da mostra. A ferramenta reúne o calendário de todas as edições de CASACOR, serviços de compra de ingressos e conteúdo exclusivo. Ao utilizar o aplicativo dentro da exposição, o visitante
terá acesso a informações sobre o ambiente em que está, em tempo real, com um monitoramento feito por sensores. Já conhecido do público, o Tour Virtual, disponível no site casacor.com, é outro recurso que reúne todos os
detalhes sobre os ambientes através da visita online com imagens em 360°.

A CASACOR Rio Grande do Sul tem como empresas patrocinadoras:
Deca – Patrocinadora Master, Tintas Coral – Tinta Oficial, Savarauto – Carro Oficial, Cyrela – Patrocínio Local, Cerâmica Portinari. Apoio Local da Escola Pampeano – Apoio Institucional. Fornecedores Oficiais: Manhatan
by Mercure; Grupo Cindapa.

SERVIÇO:

OQUE: CASACOR RS 2022 – 30a edição

ONDE: Pia Chaves Barcellos – Rua Dona Leonor, 360 – Bairro Rio Branco – Porto Alegre/RS

QUANDO: 6 de agosto a 2 de outubro

HORÁRIOS: De terça a sexta, das 13h às 20h30 (visitação até às 22h),
Sábados, domingos e feriados das 12h às 20h30 (visitação até 22h)

ESTACIONAMENTO NO LOCAL: R$ 30

BILHETERIA ONLINE: https://casacorrs.byinti.com/
Valores dos ingressos
R$ 70,00 (terça a sexta) – Inteira
R$ 35,00 (terça a sexta) – Meia entrada
R$ 80,00 (sábado, domingo e feriados) – Inteira
R$ 40,00 (sábado, domingo e feriados) – Meia entrada

Sobre a CASACOR
Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior experiência do viver das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2020 chega à sua 35a edição em São Paulo, com 17 praças nacionais (Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Ribeirão Preto e Tocantins), e mais três internacionais (Bolívia, Paraguai e Peru).
Mais informações:
Site: casacor.com
Instagram: @casacorrs

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Unisinos Porto Alegre: tecnologias unidas

Quando um professor agenda uma aula no novo campus da Unisinos em...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.