Exposição com obras de Iberê Camargo sobre a Redenção abre em Porto Alegre

Obra da mostra "Iberê Camargo: visões da Redenção" (Foto: Fundação Iberê Camargo, Divulgação)

As impressões de Iberê Camargo sobre o Parque da Redenção são tema de uma exposição que abriu no sábado na Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre. Composta por desenhos, pinturas e gravuras, a mostra “Iberê Camargo: visões da Redenção” reúne trabalhos da década de 1980, quando, após 40 anos vivendo no Rio de Janeiro, o artista retornou à capital e passou a frequentar o parque.

Nas caminhadas ao lado da esposa Maria Coussirat Camargo, Iberê observava a paisagem e o ir e vir dos frequentadores do parque, entre eles artistas, ciclistas e pessoas em situação de vulnerabilidade. Anônimos que eram retratados posteriormente em suas obras.

“Iberê expressava as formas da natureza e da condição humana, ‘atingidas pela vida’, por meio de árvores fantasmagóricas e de personagens que habitavam a cena, sem rumo. Suas anotações que, à primeira vista, aparentavam ser simples registros da vida cotidiana, ganharam um significado maior, transformando-se em matéria-prima para algumas das obras mais famosas do artista, como a série ciclistas”, informa o texto de divulgação da exposição. A mostra segue em cartaz até o dia 21 de abril.

Mais de Equipe eleoneprestes.com

Revitalização de apartamento de 1960 desenhada com arte

Apartamento dos anos 1960 atualizado por Tuanny Balen mantém detalhes originais do...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *