Design arte em exposição na Bolsa de Arte de Porto Alegre

Vai até 6 de setembro a exposição “Recorte”, de Zanini de Zanine, na Galeria Bolsa de Arte, em Porto Alegre. Com peças únicas, o designer carioca expõe sete esculturas do Atelier Zanini de Zanine produzidas com madeira de demolição.

Exposição Recorte_designer Zanini de Zanine- eleone-prestesExposição Recorte_designer Zanini de Zanine_- eleone-prestes

As peças buscam a valorização e preservação das técnicas tradicionais do trabalho manual com madeira. Com o uso das espécies brasileiras Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba e Roxinho, o designer explora as especificidades físicas e sensoriais de cada uma delas ao destacar suas cores e texturas. A inspiração do traço na geometria e no encaixe das formas resulta na coleção que será lançada neste mês.

Exposição Recorte por Zanini de Zanine:

De 22 de agosto a 06 de setembro

Galeria Bolsa de Arte (Rua Visconde do Rio Branco, 365 – Porto Alegre/RS)

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 10h00 às 19h00 e Sábado das 10h00 às 13h30

Zanini de Zanine_ Foto de João Gaudenzi
Anini de Zanine (foto João Gaudenzi, divulgação)

Sobre Zanini de Zanine

Zanini de Zanine nasceu em 1978 no Rio de Janeiro e cresceu observando o trabalho do pai, o arquiteto e designer José Zanine Caldas. Produziu seu primeiro móvel durante estágio com Sergio Rodrigues. Graduado em Desenho Industrial pela PUC-RJ, começou a produzir móveis de madeira maciça em séries limitadas ou peças exclusivas, baseando-se no uso pioneiro da madeira, legado de seu pai. Em 2005, começou a criar uma nova linha de móveis com peças produzidas industrialmente, usando além de madeira com origem controlada, materiais diversos como plástico, metacrilato, vidro, metais, cerâmicas e partes de outros produtos industrializados. Em 2011, Zanine criou Studio Zanini.

Foi nomeado designer do ano pela Maison&Objet Americas em 2015, além de receber os mais importantes prêmios do design nacional, como o IDEA Brasil e Museu da Casa Brasileira. Entre as premiações internacionais, destaque para o Design Excellence Award New Generation, em que foi o único brasileiro homenageado em 25 anos de premiação no Philadelphia Museum of Art, e o IF Design Award. O artista possui itens de suas criações nos acervos permanentes do Museu Histórico do Rio de Janeiro, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), no Museu do Design e da Moda de Lisboa (MUDE) e no Philadelphia Museum of Art.

Atelier Zanini de Zanine por Maria Cecília Loschiavo

Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba, Roxinho, espécies brasileiras, cujas madeiras de excepcional qualidade foram escolhidas por Zanini de Zanine para produzir as peças, com tiragens limitadas. O designer tirou partido das especificidades físico-químicas e sensoriais de cada uma delas. Mas há um detalhe: todas são madeiras de reúso e provenientes de demolição, incorporando, assim, a necessária dimensão da sustentabilidade a este trabalho.

As peças em madeira constituem uma das vertentes de atuação do designer, pois sua versatilidade levou-o a explorar outros materiais, transformando métodos e processos de fabricação. Mais do que um intenso e rico diálogo estético entre a vertente artesanal e a industrial, as nuances entre o atelier de madeira e o estúdio de design levam Zanini à feliz convivência de trabalhar e preservar técnicas tradicionais do trabalho manual com a madeira e, ao mesmo tempo, explorar novas ideias e materiais, numa dinâmica fértil que trouxe direcionamentos diferentes ao seu trabalho, além de destacada posição ao designer na cena contemporânea.

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Varandas da CasaCor Rio

Ambientes externos e intermediários ganharam holofotes nesta pandemia. Na CasaCor Rio –...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *