Design arte em exposição na Bolsa de Arte de Porto Alegre

Vai até 6 de setembro a exposição “Recorte”, de Zanini de Zanine, na Galeria Bolsa de Arte, em Porto Alegre. Com peças únicas, o designer carioca expõe sete esculturas do Atelier Zanini de Zanine produzidas com madeira de demolição.

Exposição Recorte_designer Zanini de Zanine- eleone-prestesExposição Recorte_designer Zanini de Zanine_- eleone-prestes

As peças buscam a valorização e preservação das técnicas tradicionais do trabalho manual com madeira. Com o uso das espécies brasileiras Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba e Roxinho, o designer explora as especificidades físicas e sensoriais de cada uma delas ao destacar suas cores e texturas. A inspiração do traço na geometria e no encaixe das formas resulta na coleção que será lançada neste mês.

Exposição Recorte por Zanini de Zanine:

De 22 de agosto a 06 de setembro

Galeria Bolsa de Arte (Rua Visconde do Rio Branco, 365 – Porto Alegre/RS)

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 10h00 às 19h00 e Sábado das 10h00 às 13h30

Zanini de Zanine_ Foto de João Gaudenzi
Anini de Zanine (foto João Gaudenzi, divulgação)

Sobre Zanini de Zanine

Zanini de Zanine nasceu em 1978 no Rio de Janeiro e cresceu observando o trabalho do pai, o arquiteto e designer José Zanine Caldas. Produziu seu primeiro móvel durante estágio com Sergio Rodrigues. Graduado em Desenho Industrial pela PUC-RJ, começou a produzir móveis de madeira maciça em séries limitadas ou peças exclusivas, baseando-se no uso pioneiro da madeira, legado de seu pai. Em 2005, começou a criar uma nova linha de móveis com peças produzidas industrialmente, usando além de madeira com origem controlada, materiais diversos como plástico, metacrilato, vidro, metais, cerâmicas e partes de outros produtos industrializados. Em 2011, Zanine criou Studio Zanini.

Foi nomeado designer do ano pela Maison&Objet Americas em 2015, além de receber os mais importantes prêmios do design nacional, como o IDEA Brasil e Museu da Casa Brasileira. Entre as premiações internacionais, destaque para o Design Excellence Award New Generation, em que foi o único brasileiro homenageado em 25 anos de premiação no Philadelphia Museum of Art, e o IF Design Award. O artista possui itens de suas criações nos acervos permanentes do Museu Histórico do Rio de Janeiro, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM), no Museu do Design e da Moda de Lisboa (MUDE) e no Philadelphia Museum of Art.

Atelier Zanini de Zanine por Maria Cecília Loschiavo

Ipê-tabaco, Peroba, Jacarandá, Gonçalo Alves, Maçaranduba, Roxinho, espécies brasileiras, cujas madeiras de excepcional qualidade foram escolhidas por Zanini de Zanine para produzir as peças, com tiragens limitadas. O designer tirou partido das especificidades físico-químicas e sensoriais de cada uma delas. Mas há um detalhe: todas são madeiras de reúso e provenientes de demolição, incorporando, assim, a necessária dimensão da sustentabilidade a este trabalho.

As peças em madeira constituem uma das vertentes de atuação do designer, pois sua versatilidade levou-o a explorar outros materiais, transformando métodos e processos de fabricação. Mais do que um intenso e rico diálogo estético entre a vertente artesanal e a industrial, as nuances entre o atelier de madeira e o estúdio de design levam Zanini à feliz convivência de trabalhar e preservar técnicas tradicionais do trabalho manual com a madeira e, ao mesmo tempo, explorar novas ideias e materiais, numa dinâmica fértil que trouxe direcionamentos diferentes ao seu trabalho, além de destacada posição ao designer na cena contemporânea.

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Projeto de Francisco Pinto é festejado por etapas no novo Estúdio Luiza Pilau

Desta vez, o deque que amplia para a área externa a casa...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *