Clássico e moderno, juntos e em paz

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

Este foi o mais recente de vários trabalhos já realizados pela arquiteta Ana Paula Freitas, da ADI Arquitetura, para o casal de advogados, cujo perfil transita entre o sofisticado e o despojado, já que não tem afeição alguma a excessos. O imóvel novo, com aproximadamente 300 metros quadrados, no terceiro andar do prédio Trend Nova Carlos Gomes, no bairro Petrópolis, em Porto Alegre, deveria ter espaços amplos, transparência e cuidados com a acústica para abrigar o escritório dos clientes, Hackmann, Costa & Advogados Associados.

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes
Recepção do escritório (Fotos Denise Wichmann, Divulgação)

A discreta sofisticação impressa em todo o projeto tem um bom prenúncio, já à entrada, no piso em madeira cumaru em padrão espinha de peixe. Centralizado, ele é emoldurado pelo carpete mesclado, em placas, usado em todos os outros ambientes do escritório, atendendo à necessidade de conforto acústico, numa elegante combinação de tons gris, que serve de base neutra para que outros itens se destaquem. O mesmo acontece com as esquadrias em metal, que dão suporte às divisórias em vidro, e a porta em MDF, tudo na cor grafite.

Para quem espera ser atendido, as cadeiras pretas Tiss, de Zanini de Zanine, com encosto e assento bipartidos revestidos em palha natural são um charme, complementadas pela dupla de mesinhas de centro em lâmina de louro freijó.

Na outra extremidade da recepção, o grande espelho iluminado por arandelas laterais tem a mesma largura do piso em madeira, gerando um efeito de continuidade e profundidade bem interessante. O sofá em couro traz solidez ao conjunto, intenção reforçada pelo revestimento da parede às costas do balcão na recepção, em mármore Armani preto (foto acima), um requintado cartão de visitas. Na parede ao lado do balcão, a arandela em murano é mais um toque clássico que se sobressai.

Os dois lados da biblioteca

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

As estantes verdes em laca acetinada pantone 560-C servem como biblioteca ao mesmo tempo em que setorizam, ajudando a formar o corredor da circulação que leva aos demais ambientes. Para a arquiteta, “criar uma biblioteca aberta que não fosse careta e que abrigasse coleções de livros junto com objetos de interesse dos proprietários, como as máquinas de escrever antigas, na mesma estante, foi muito interessante”.

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

A ideia deu certo e resultou num momento de agradável frescor em meio à seriedade do ambiente profissional. É no corredor, que tem parte da parede revestida na mesma laca verde das estantes, que se inicia a área de forro rebaixado, revestido em louro freijó, madeira predominante, presente, ainda, em balcões, estantes, e na bancada da recepção.

Estações de trabalho

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

Na sala onde se encontram as posições coletivas de trabalho, impera um pouco mais de informalidade, a começar pelo forro, com a laje aparente em concreto, um recurso moderno, simples e de resultado impactante. “A ideia foi deixar o ambiente mais descontraído nesta área de trabalho dos advogados”, explica Ana Paula.

Para garantir a iluminação adequada, os perfis metálicos com spots em led foram a escolha, aliados a luminárias pendentes. Estas, ficaram ótimas ao lado do toque retrô dado pelas samambaias igualmente pendentes, tão saudosamente anos 1960, e que agora voltam à moda.

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

As cadeiras pretas, que acompanham as mesas em MDF cinza, foram escolhidas pela elegância, mas também pelo conforto, prontas para suportar muitas horas de uso por dia. No fundo do ambiente, o prático painel em marcenaria com revestimento em fórmica clara permite que se escreva sobre ele.

Salas dos diretores

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes
Móvel do acervo do advogado diretor da empresa

Na sala do diretor do escritório, a cômoda antiga em madeira, com tampo de mármore marrom imperial, e a pintura com moldura elaborada, ambas do acervo do cliente, fazem um registro de tradição. “Um toque clássico em contraponto com os elementos modernos do projeto”, atesta a arquiteta.

Escritório-Ana-Paula-Freitas-Eleone-Prestes

Na sala da advogada que divide a direção do escritório com o marido, as cadeiras brancas Kei, do designer Marcelo Ligieri, são um bom exemplo da modernidade a que se refere. A mistura agrada muito Ana Paula que apostou no equilíbrio para obter este resultado harmônico. Na iluminação, usou lâmpadas LED em tom quente em todo o projeto, garantindo aconchego a quem trabalha e acolhimento a quem chega.

Escritório projetado por Ana Paula Freitas - site eleoneprestes.com

Ana Paula Freitas

Graduada pela UniRitter, a arquiteta Ana Paula Freitas está à frente da ADI Arquitetura desde 2002, desenvolvendo projetos nos segmentos comercial, de interiores e edificações. Com um sotaque predominantemente minimalista, se define como inquieta e sempre atenta aos detalhes, certa de que “nunca há uma segunda chance para a primeira impressão”.

Arquitetura e Urbanismo pelo Centro

Avenida Getúlio Vargas, 908/808  – (51) 3233 3835 – Porto Alegre, RS – www.adiarquitetura.com.br

(Texto Marjori Michelin)

Escritório-Ana-Paula-Eleone-Prestes
Até o banheiro é elegante
Mais de Equipe eleoneprestes.com

Quando uma fachada muda uma rua

Remodelação da loja Gobbi Novelle pela AT Arquitetura trouxe um sopro de...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *