Paralela, a feira autoral

nicole-toldi-eleone-prestes
Cerâmicas de Nicole Toldi, com um trabalho de forma e superfície que é um ofício de artista

Uma das delícias de percorrer a feira Paralela, no Pavilhão da Fundação Bienal, em São Paulo, é saber o nome de quem fez a peça que nos encantou e, mais, encontrar esse autor atrás do balcão imaginário, o que frequentemente ocorre. Descobrir as novidades, rever os designers que gostamos. É uma daquelas feiras que vemos com prazer e não saímos extenuadas. A Paralela, aberta até dia 27 de julho, mostra nomes consagrados, como Evelyn Tannus (abaixo) e Sérgio Matos (o próprio na foto mais abaixo) e outros garimpados pela curadoria de Marisa Ota. Os dois recebiam o público na Paralela, e com a maior gentileza. Nicole Toldi (alto) também tem um trabalho consistente e com identidade forte.

evelyn-tannus-site-eleone-prestes
Nova linha de Evelyn Tannus, conhecida, entre outras peças, por suas cerâmicas de mãos tatuadas, em formas e tons diferentes. Observe o chapéu dos bonecos, de tampas garimpadas e recicladas pela arte da criativa
SérgioJMatos-eleone-prestes
Sérgio J Matos e o seu trabalho genial. Na foto, a cadeira feita com uma sequência de uma espécie de cinta usada em cavalos ajustada pelas suas fivelas em uma estrutura metálica, como se fosse o corpo do animal

Kiiro-Design-eleone-prestesLuminárias da Kiiro Design, recentemente expostas na Paralela, no Pavilhão da Bienal, em São Paulo

estúdio-iludi-eleone-prestes
A nova coleção do Estúdio Iludi, de BH, outra grife que passeia entre o design e a arte
carbono-eleone-prestes
Móveis Carbono, em um estande enorme com vários ambientes na Paralela
carolina-peraça-eleone-prestes
Carolina Peraça: a jovem gaúcha apresentou suas cerâmicas com detalhes em couro
ocre-design-eleone-prestes
São lindas as luminárias do Ocre. Tem algumas de piso que emitem sombras incríveis quando ligadas. São peças capazes de fazer a diferença em um ambiente

 

 

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Outubro rosa: cor como inspiração de paredes e tetos

Maximiliano Crovato não tem medo de usar cores marcantes. Nem cor-de-rosa desperta...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *