Concreto aparente aliado ao design autoral

Área social de apartamento projetado por Raizes Arquitetos (Fotos Cacá Bratke, divulgação)
Área social de apartamento projetado por Raizes Arquitetos (Fotos Cacá Bratke, divulgação)

Reforma projetada pela arquiteta Patricia Miranda, à frente do escritório Raízes Arquitetos, mostra como utilizar o concreto aparente no projeto de interiores de um apartamento com arquitetura moderna e área de 270 metros quadrados na Vila Madalena, em São Paulo. E isso com harmonia e sem perder o recurso do bem-vindo aconchego. Peças criadas pela arquiteta e pelos designers Aristeu Pires, Fernando Jaeger, Ingo Maurer e Alfio Lisi foram fundamentais para chegar a esse resultado no décor pontuado por obras de arte de artistas visuais renomados.

A mesa de concreto é uma das estrelas do projeto de interiores
A mesa de concreto é a protagonista do projeto de interiores, disposta na varanda gourmet. As cadeiras amarelas são assinadas pelo designer Fernando Jaeger. “Foi preciso içá-la até o local, garantindo esse visual rústico com uma elevação de 15cm para comportar um apoio em madeira, executado para manipular alimentos”, diz a arquiteta Patricia Miranda. A profissional completa: “Além disso, a mesa tem estrutura metálica e os pés foram revestidos com madeira, num desenho exclusivo que detalhamos
Concreto na estrutura, no mobiliário e no revestimento de parede ripada na composição com o calor da madeira
Concreto na estrutura, no mobiliário e no revestimento de parede ripada (ao fundo) na composição com o calor da madeira determina a proposta de decoração
Veja a parede com ripas de concreto mais de perto
Veja a parede com ripas de concreto mais de perto

Na reforma do apartamento com 270 metros quadrados, a principal função da arquiteta foi proporcionar ambientes funcionais, harmoniosos e aconchegantes, tendo a paleta de cores com a combinação de madeira com a cor cinza como pontos de partida aliados ao concreto modernista com interpretação contemporânea, estendendo a decoração para novos tons. A mesa com tampo de laca branca, gravuras de Sérvulo Esmeraldo e Amílcar de Castro na sala de jantar, contrapõem-se às cores presentes nos revestimentos das áreas estofadas do mobiliário, nos tapetes e nas cadeiras.

Detalhe da vista
Outro recanto do living, com estofados em branco e madeira combinados aos coloridos temperando a proposta com a vista privilegiada do 34º andar com a área social criada a partir da integração com a varanda. Os confortáveis sofás estão  posicionados de forma a integrar os diferentes ambientes de estar
O cinza tem presença pontual marcante na proximidade do amarelo e do branco, além da madeira
O cinza tem presença marcante, ora na proximidade do amarelo e do branco, além de variados tons de azul e da madeira. Neste ponto, da sala de TV e da lareira, a estética e a funcionalidade fundem-se para compor a criação da arquiteta Patricia Miranda com o propósito de incentivar o convívio: a lareira ecológica, discretamente posicionada no móvel do rack, inserida no tampo de Neolith, lâmina porcelânica que reveste a superfície do móvel é muito resistente ao calor, “sobe” por meio do material como um painel na parede em seu tom cinza, ao lado da pintura amarela

Para muitos, o concreto ainda é considerado como rústico, sinônimo de uma obra não acabada, que transmite aquela sensação de um espaço visualmente frio e pouco acolhedor. Mas o segredo, conforme a arquiteta Patricia Miranda, está sempre na “temperança”.

MATERIAIS PERSONALIZAM

Na cozinha, em lugar do frontão, a arquiteta seguiu com o mesmo material por mais 55 cm de altura, até o alinhamento do gabinete superior, tornando o visual mais limpo e elegante: “Optamos pela mistura de materiais, que deu bossa gostosa ao ambiente. Temos o cinza das bancadas, a parede de ladrilhos hidráulicos geométricos e os armários com revestimentos de vidro branco e madeira natural”.

Cozinha
As bancadas em Neolith cinza, ladrilho hidráulico, madeira e a novidade do tom de verde nas paredes compõem espaço que acompanha a proposta de todo o projeto de arquitetura de interiores e décor do escritório Raízes Arquitetos
Paleta de cores na cozinha
Para a escolha da bancada, além da estética, a arquiteta priorizou o uso de materiais duráveis e resistentes, caso do Neolith, resultado da combinação de minerais naturais sinterizados. “É um produto de ponta para ser usado na cozinha, por resistir ao calor intenso, não risca nem com uso de faca diretamente sobre ele, é de fácil limpeza, não desbota com o tempo e não muda suas características em contato com alimentos ácidos”, explica Patricia Miranda.

DESIGN ATÉ NO LAVABO

Lavabo com luminária de design
Textura no revestimento é valorizada pela iluminação do teto ao piso

Uma ousadia com essência rústica marca o lavabo. Na concepção da arquiteta Patricia Miranda, um ‘berço’ em madeira cumaru foi desenhado para receber a bancada em Neolith. Com um lado diagonal, acompanha o layout do ambiente e recebe a cuba de apoio. Para complementar, o projeto luminotécnico inclui LED (em português, Diodo Emissor de Luz) embutido no espelho e a luminária do renomado designer Ingo Maurer que valoriza a composição.

Lavabo em tons terrosos
Lavabo em tons terrosos yem o mesmo nível de detalhamento da área social
Porta se mimetiza com a parede branca
Porta se mimetiza com a parede branca na lateral do dormitório da suíte do casal. Uma mesa lateral laqueada e uma penteadeira em madeira freijó estão bem perto da cama. Já o papel de parede cinza se revela como um ponto de contraste e aconchego, contracenando com a madeira
Dormitório
O dormitório do casal tem recanto para leitura com poltrona de design assinado Lateral da cama do quarto principal

Lateral da cama do quarto principal tem o banco Abaporu, design de Alfio Lisi

Poltrona de design
Poltrona de design: no dormitório principal, o recanto para leitura tem a poltrona Pitu, do designer Aristeu Pires, demarcado por uma luminária
Bancada do banheiro da suíte
Observe o revestimento na parede da bancada do banheiro da suíte, dentro da proposta de todo o projeto, com raízes modernistas
Banheiro da suíte do casal - área do chuveiro
Área molhada tem outro revestimento, adequado à função
Escritório
Escritório com bancada suspensa e armários geométricos no mesmo material
As tradicionais prateleiras são funcionais e decorativas no quarto infantil
As tradicionais prateleiras são funcionais e decorativas no quarto infantil

Quarto infantil

Lateral do quarto do bebê com poltrona colorida
O tapete dá a paleta cromática do quarto do bebê
Quarto curinga
Quarto curinga tem a cadeira amarela de Fernando Jaeger
Para hóspedes ou trabalho
Ambiente para hóspedes ou trabalho em casa

 

Sobre Raízes Arquitetos

Da arquitetura, a profissional Patrícia Miranda traz o conhecimento de escritórios de diferentes portes, construtoras, canteiro de obras e desenvolvimento de projetos – desde a aprovação até o detalhamento executivo, com coordenação, verificação e compatibilização. Do design, traz o desenvolvimento de móveis e objetos, exclusivos ou de produção seriada. “Cuidamos de arquitetura e design, campos que tratam do homem, além dos cheios e vazios à sua volta. Unimos conhecimento técnico e sensibilidade poética”, enfatiza.

www.raizesarquitetos.com.br

@raizesarquitetos

(11) 99371-2317

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Salão de Gramado aberto na Serra

Começou nesta segunda-feira, 10 de junho, a 7ª Edição do Salão de...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *