A arte de transpor conforto, móveis e obras de arte de uma casa para um apartamento

Apartamento de colecionadora - site - eleone-prestes

Adaptar a vida em uma casa para um apartamento com quase um terço da área e extensa coleção de arte sem abrir mão do conforto. Esse desafio a designer de interiores Cristina Barbara, do escritório Barbara&Purchio, enfrentou em São Paulo. Sua cliente, uma senhora moradora de uma casa de 3.500 metros quadrados, iria para um apartamento de 390 metros quadrados e levando consigo o acervo de móveis e obras de arte.

Coleção de arte e design em harmonia (Fotos Romulo Fialdini, divulgação)
Coleção de arte e design em harmonia (Fotos Romulo Fialdini, divulgação)

Ela aprecia madeira, móveis de boa qualidade, de preferência assinados e, claro, suas pinturas, desenhos, gravuras e esculturas. Leia-se peças do nível de Tarsila do Amaral e Design Etel, temperadas com lustres extraídos da coleção Neverending Glory, composta por seis pendentes, dos designers Jan Plechac & Henry Wielgus, que refletem emoções nostálgicas e remetem a grandes salas de concertos como o Bolshoi Theatre em Moscou. (Veja as luminárias na foto ao alto, sobre a mesa de jantar).

Coleção de arte e design em harmonia (Fotos Romulo Fialdini, divulgação)
Pinturas formam a maior parte da coleção de arte
Apartamento no bairro Moema, em São Paulo
Há mais de uma opção para ver TV
Área social tem convívio com conforto garantido. Tapetes ajudam a setorizar os recantos de estar
Apartamento no bairro Moema, em São Paulo
Predominam os tons neutros

Resultado final: a escolha da nova proposta para o imóvel novo no bairro paulistano Moema recaiu sobre uma mistura de estilos e mobiliário confortável com personalidade, conferida em parte pelo uso de tecidos rústicos e cores naturais. Como essa senhora tem o hábito de receber semanalmente grande número de amigos e parentes para almoços e jantares, os setores de convívio deveriam ser caprichados, em particular o número de assentos generoso: lugares para 30 pessoas sentadas às mesas. Do mesmo modo, quatro suítes iriam garantir a acolhida de hóspedes.

Coleção de arte e design em harmonia (Fotos Romulo Fialdini, divulgação)
Há quatro suítes no apartamento

Naturalmente a acessibilidade e a segurança ao percorrer os ambientes mereceu atenção. Todas as portas e um banheiro foi modificado para contemplar o quesito acessibilidade. Foram escolhidos piso, acabamento e iluminação sustentáveis e definido sistema de automação somente no living.

Coleção de arte e design em harmonia (Fotos Romulo Fialdini, divulgação)
Arte em todos os ambientes

 

 

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Conexões Contemporâneas

Está aberta até 28 de julho no Espaço Cultural Correios, Avenida Sete...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *