Superfícies arquitetadas em harmonia

Chamam atenção as superfícies neste projeto de Ana Mähler – desde a arquitetura do premiado edifício Bossa, concebido por Stemmer Rodrigues em Porto Alegre, até as escolhas de revestimentos do décor. O projeto de arquitetura de interiores desfrutou da planta e do concreto aparente, somando ao material acabamentos em harmonia com a proposta. Ana criou uma paleta de cores neutra nos ambientes sociais integrados, em área de convívio de 53 metros quadrados – quase metade dos 118 metros quadrados totais – ressaltada pelo jogo de diferentes texturas entre superfícies foscas e com brilho suave.

Apartamento-Ana-eleone-prestes
(Fotos Vanessa Bohn, Divulgação)

– A retirada da lareira à lenha do ambiente (ainda na planta) permitiu a criação de um home office, ponto alto do espaço, dentro de um armário revestido de Slimstone Mármore de Carrara, da Qualitá Sul – diz a arquiteta, ao destacar que o recanto de trabalho é visível somente quando as portas são abertas (por um sistema que as esconde completamente quando abertas). O volume é determinante na personalização e na harmonia entre as superfícies do amplo estar.

Apartamento-Ana-eleone-prestes
Home office sai do armário com portas de Slimtsone, material que traz ao ambiente a estética elegante do mármore e se contrapõe ao concreto aparente estrategicamente mantido pela arquiteta Ana Mähler

Revestido de couro natural em tom que entra no do piso, o grande sofá em L reflete a sequência de janelas do espaço. Abaixo delas, um móvel retangular, revestido de vidro fosco, abriga equipamentos de TV, lareira com pedras vulcânicas e duas casinhas para as pets, “as donas da casa”, conforme Ana. Uma poltrona e mesas soltas proporcionam versatilidade à proposta de uso do living.

apartamento-ana- eleone-prestes

Marca a estética da área uma parede curva revestida por ripas pretas. Sobre essa base, uma obra de arte criada pela arquiteta. E, nas janelas, dois sistemas de cortinas motorizadas facilitam o uso – ambas em tom fendi. Reposteiros em crochê entram com o acabamento estético no jogo de quente e frio dos materiais da área social.

Apartamento-Ana-eleone-prestes

Para o piso, a escolha recaiu sobre as réguas de PVC reciclado, indicadas para espaços de convívio com animais domésticos, marcados pelo uso displicente de tapetes de couro de pele bovina natural, em sintonia com os vizinhos pufes ou mesas de apoio. Os rodapés em negativo foram especialmente desenhados de alumínio em tom bronze. No outro extremo, no teto do estar, a iluminação disputa o protagonismo, como uma escultura, desenhada e criada com exclusividade para o espaço, formado por um conjunto de pendentes em ferro com pintura automotiva preta fosca.

Arquiteta  Ana Mähler

 

(51) 99977 0828/ 3557 9043

Rua Regente, 245/sala 702
Bairro Petrópolis, Porto Alegre/RS

site anamahler.com

Instagram anamahler_arquitetura_arte

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Maison & Objet: tendências internacionais com acento francês

Nesta sexta-feira abre em Paris a tradicional Maison&Objet que vai até 22...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *