Pássaros de origami: voo internacional de Roberto Romero

Roberto Romero - pássaro - design

Esculturas figurativas do artista plástico Roberto Romero podem ser encontradas em feiras especializadas, galerias e lojas de design descoladas de Milão a São Paulo, passando por seu país natal, a Argentina. Recentemente enfoca pássaros e tem participado de eventos nacionais e internacionais, como o Salone del Mobile Milano 2017, no estande da A Lot Of Brasil.

Depois de marcar presença com suas marcantes garças nas vitrinas da Marché Art de Vie e na inauguração da Ovoo, em São Paulo, neste momento faz bonito na Recoleta, em Buenos Aires: na galeria Salazar Casa, a mostra Pássaros de Origami fica em cartaz até 15 de julho e Roberto Romero já tem agendamento de um novo voo para 2018, na MGallery by Sofitel Santa Teresa, no Rio de Janeiro. Antes disso, prepara a apresentação de uma luminária de design com a RosaPinc na MADE, em agosto, em São Paulo, e “será a primeira em cerâmica e arame”, conforme o artista.

Roberto Romero no estande da A Lot Of em Milão
Obra de Roberto Romero no estande da A Lot Of no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano, junto ao sofá de Pedro Franco (foto Eleone Prestes) 

Roberto Romero e seus pássaros de arame - coleção Origami - foto Eleone Prestes

Roberto Romero e o seu bando de pássaros de arame na feira Paralela, no Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo (foto Eleone Prestes)

A obra

Espécies de pássaros tropicais coloridos, ora em escala gigante em relação à natural, têm em comum a inspiração na técnica das dobraduras em papel. A técnica oriental é interpretada em arame por Roberto Romero, que adota a imagem do Tsuru (garça), o origami que difundiu a arte da dobradura pelo mundo. Trata-se de uma ave sagrada do Japão que, na lenda, vive mil anos e tem o poder de conceder desejos. O artista reproduz suas linhas em fios metálicos geométricos para chegar a formas orgânicas precisas e leves.Beija-flor de Roberto Romero

– A exatidão geométrica contrasta com a pluralidade das interpretações que a obra de arte pode despertar. É a sensibilidade individual que norteia o voo reflexivo – diz Roberto Romero.Roberto Romero e seu pássaro de origami de arame

Sobre Roberto Romero:  Argentino de Buenos Aires, 43 anos, licenciado em Letras pela Universidade de Paris X – Nanterre. Artista plástico autodidata, elabora esculturas com arame e tem nas suas criações uma assinatura peculiar. Cosmopolita, Romero sorveu referências multiculturais e compôs um repertório de imagens colhidas pelos países onde viveu, visitou, estudou e trabalhou. Suas passagens pelo Líbano, França, Colômbia e Uruguai mapearam matérias-primas, aguçaram o interesse pela reutilização de objetos antigos e técnicas artesanais. Memórias sempre frescas para mesclar às novas pesquisas e inspirações que agora habitam o Brasil desde 2012, quando estabeleceu morada no país. (Trecho de texto de Raquel Medeiros)

O artista tem ateliê no Rio de Janeiro e mantém um blog, robertoromeroarte.blogspot.com.br.

 

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Quando um móvel define uma casa

Apartamento compacto com 42 metros quadrados tem suíte e lavabo com todos...
Leia Mais

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *