Pássaros de origami: voo internacional de Roberto Romero

Roberto Romero - pássaro - design

Esculturas figurativas do artista plástico Roberto Romero podem ser encontradas em feiras especializadas, galerias e lojas de design descoladas de Milão a São Paulo, passando por seu país natal, a Argentina. Recentemente enfoca pássaros e tem participado de eventos nacionais e internacionais, como o Salone del Mobile Milano 2017, no estande da A Lot Of Brasil.

Depois de marcar presença com suas marcantes garças nas vitrinas da Marché Art de Vie e na inauguração da Ovoo, em São Paulo, neste momento faz bonito na Recoleta, em Buenos Aires: na galeria Salazar Casa, a mostra Pássaros de Origami fica em cartaz até 15 de julho e Roberto Romero já tem agendamento de um novo voo para 2018, na MGallery by Sofitel Santa Teresa, no Rio de Janeiro. Antes disso, prepara a apresentação de uma luminária de design com a RosaPinc na MADE, em agosto, em São Paulo, e “será a primeira em cerâmica e arame”, conforme o artista.

Roberto Romero no estande da A Lot Of em Milão
Obra de Roberto Romero no estande da A Lot Of no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano, junto ao sofá de Pedro Franco (foto Eleone Prestes) 

Roberto Romero e seus pássaros de arame - coleção Origami - foto Eleone Prestes

Roberto Romero e o seu bando de pássaros de arame na feira Paralela, no Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo (foto Eleone Prestes)

A obra

Espécies de pássaros tropicais coloridos, ora em escala gigante em relação à natural, têm em comum a inspiração na técnica das dobraduras em papel. A técnica oriental é interpretada em arame por Roberto Romero, que adota a imagem do Tsuru (garça), o origami que difundiu a arte da dobradura pelo mundo. Trata-se de uma ave sagrada do Japão que, na lenda, vive mil anos e tem o poder de conceder desejos. O artista reproduz suas linhas em fios metálicos geométricos para chegar a formas orgânicas precisas e leves.Beija-flor de Roberto Romero

– A exatidão geométrica contrasta com a pluralidade das interpretações que a obra de arte pode despertar. É a sensibilidade individual que norteia o voo reflexivo – diz Roberto Romero.Roberto Romero e seu pássaro de origami de arame

Sobre Roberto Romero:  Argentino de Buenos Aires, 43 anos, licenciado em Letras pela Universidade de Paris X – Nanterre. Artista plástico autodidata, elabora esculturas com arame e tem nas suas criações uma assinatura peculiar. Cosmopolita, Romero sorveu referências multiculturais e compôs um repertório de imagens colhidas pelos países onde viveu, visitou, estudou e trabalhou. Suas passagens pelo Líbano, França, Colômbia e Uruguai mapearam matérias-primas, aguçaram o interesse pela reutilização de objetos antigos e técnicas artesanais. Memórias sempre frescas para mesclar às novas pesquisas e inspirações que agora habitam o Brasil desde 2012, quando estabeleceu morada no país. (Trecho de texto de Raquel Medeiros)

O artista tem ateliê no Rio de Janeiro e mantém um blog, robertoromeroarte.blogspot.com.br.

 

Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Artista radicada em Londres expõe no Brasil obras inspiradas na natureza

Formas geométricas exaltam os ciclos do universo nas obras tridimensionais da artista...
Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.