Exposição “Subversão da Forma” entra em cartaz na Fundação Iberê Camargo

Aberta no dia 20 de outubro, na Fundação Iberê Camargo, a exposição Subversão da Forma busca relacionar um conjunto de obras de artistas que exploram um repertório comum, embora façam uso de vocabulários distintos, entre eles Daniel Steegmann Mangrané, Erika Verzutti, Iberê Camargo e Luiz Roque.

A mostra nasce do desejo de repensar as formas reconhecíveis que nos rodeiam e de instar o público a encontrar estranhamento naquilo que lhe é familiar, bem como identificar semelhança naquilo que parece estranho. As obras presentes na exposição são dotadas de uma presença escultórica, figuras metamorfoseadas em seres quase mitológicos, sobre-humanos ou inumanos. São objetos que transcendem sua função para alcançar um plano místico, reveladores tanto da geometria quanto da natureza amorfa do universo em seu primeiro estágio.

A mostra segue em cartaz até dia 6 de janeiro de 2019 e pode ser vista sábados e domingos, das 14h às 19h, com último acesso às 18h45min. A entrada é franca.

Foto: Still da obra Modern (2014), de Luiz Roque, Divulgação

Mais de Equipe eleoneprestes.com

Exposição “Subversão da Forma” entra em cartaz na Fundação Iberê Camargo

Aberta no dia 20 de outubro, na Fundação Iberê Camargo, a exposição Subversão...
Leia Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *