Casa Cor RS: 7 ambientes onde a arte se funde com o design

Chef's Table na Casa Cor Rio Grande do Sul
Chef's Table na Casa Cor Rio Grande do Sul

A produção de design nacional – em mobiliário, luminárias e superfícies –, e a arte bi e tridimensional possibilitam criar espaços únicos na Casa Cor Rio Grande do Sul, aberta dia 4 de julho no Petrópole Tênis Clube, em Porto Alegre. Vou enfocar desta vez o uso de obras de arte. Isso porque cada item – arte, design de mobiliário, superfície e luminárias – merece um olhar em separado. É inegável que há ambientes em que fica difícil de escolher um item protagonista. Assim, como a inspiração da arte está na gênese de muitas outras manifestações, elejo a arte para chamar a atenção para a Casa Cor RS. São sete os ambientes enfocados. Foram escolhidos pela presença maciça da arte ou por sua aplicação pontual diferenciada. (Fotos Eleone Prestes)

É imperativo começar nesse tema pelo ambiente Chef’s Table, do escritório DW5 Arquitetura, de Wagner Costa e Daniele Bitencourt:

Touro de Xico Stockinger marca a entrada do Chef's Table da Casa Cor RS
Touro de Xico Stockinger, em contraponto com a arte de jovens, marca a entrada do ambiente Chef’s Table da Casa Cor RS

Dois talentos jovens: Patrick Rigon e Taigo Meireles

É no ambiente Chef’s Table que ocorrem jantares concorridos e onde a entrada é um menu de arte que sensibiliza até um visitante que nunca pisou em uma galeria de arte ou museu. Pela beleza, ou pelo impacto. Neste caso, estão as obras do talentoso Patrick Rigon.

Esta obra de Patrick Rigon exerce uma atração imediata
Esta obra de Patrick Rigon exerce uma atração imediata
E o que dizer desta criação de Patrick Rigon?

Outra dupla de obras que atrai é de Taigo Meireles. Observe a massa de tinta na superfície com uma expressão fascinante desta série Catedrais:

Duas obras usadas como um díptico duplicam o impacto das pinturas de Taigo Meireles
Duas obras usadas como um díptico duplicam o impacto das pinturas de Taigo Meireles

O passeio pela arte continua, por nomes reconhecidos da arte made in Brasil:

guache do maestro Iberê Camargo
Ao fundo, um guache do maestro Iberê Camargo
Pintura de Siron Franco com cerca de 1m60cm de altura
Esculturas de Bez Batti mostradas com solenidade e sobre a mesa
Esculturas de Bez Batti mostradas com solenidade e outra sobre a mesa de jantar próxima dessa dupla

Outra proposta: A Sala, de Lídia Maciel, também é um ambiente que traz consigo uma galeria de arte. Aqui vale um dado extra – a arquiteta está participando da Casa Cor em São Paulo com uma proposta de Antessala Real. Voltando à arte em Porto Alegre, pela dimensão, se impõe no estar a obra de Vik Muniz:

Vik Muniz na A Sala, de Lídia Maciel
Impera Vik Muniz na A Sala, de Lídia Maciel
A menor obra é a de nome mais importante para a arte brasileira: Di Cavalcanti, na entrada do ambiente
Menor obra, mas muito importante para a arte brasileira: Di Cavalcanti, na entrada do ambiente
Elida Tessler na área de refeições
Elida Tessler na parede da área de refeições
Ao fundo, escultura de mármore de Xico Stockinger
Ao fundo, escultura de mármore de Xico Stockinger. Na parede, obra de Shirley Paes Leme

No Living Social, de Francisco Franck Arquitetura as obras de arte também entram no protagonismo do ambiente:

Francisco Farias é um dos artistas do Living Social

Pintura de Carlos Vergara
Pintura de Carlos Vergara, outra obra de arte eleita por Franck

As arquitetas Juliana Motta e Priscila Viegas também entenderam a importância de investir em obra de arte como parte integrante do projeto. No seu Lounge da Noiva, há uma obra de Claudio Cupertino, feita na sua técnica de cupergrafia que, na avaliação das profissionais, remete às rendas dos vestidos das noivas.

Claudio Cupertino representa a arte no ambiente
Claudio Cupertino representa a arte no ambiente (Foto Divulgação Casa Cor)

Um arquiteto e ambiente que estão sendo bem comentados na Casa Cor RS, Juarez Cruz e seu Estar do Jovem Casal. No acervo de arte, entre outras obras, esta foto do Eduardo Carneiro:

Foto de Eduardo Carneiro no Estar do Jovem Casal
Foto de Eduardo Carneiro no Estar do Jovem Casal

Esculturas de Saint Clair Cemin no jardim seco do espaço frontal superior de Paulo Hoffmeister são determinantes para personalizar o espaço.

Esculturas de Saint Clair Cemin marcam o ambiente externo
O trio de esculturas de Saint Clair Cemin tem escala compatível para marcar o ambiente externo

O mesmo ocorre com a arte na fachada da Casa Cor RS 2017, área abaixo do espaço com esculturas de Cemin. No espaço de Soraia Pereira, a arte está desde o nome: Jardim, Arte e Luz

O movimento da Ginasta, obra de Sônia Seibel, acompanha as linhas arquitetônicas do prédio do Petrópole Tênis Clube
O movimento da Ginasta, obra de Pedro Girardello, acompanha as linhas arquitetônicas do prédio do Petrópole Tênis Clube, no bairro Petrópolis, em Porto Alegre
Escrito por
Mais de Eleone Prestes

Revestimento natural: tem pedra no caminho da elegância

Desde o nome o mármore Gris Armani diz a que veio, incumbido...
Leia Mais

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *